Mike Patton Fan Art – Os melhores desenhos e imagens reproduzidas de Mike Patton

Uma coletânea de desenhos, caricaturas e artes digitais de Mike Patton

Eu tenho uma amiga maravilhosa que é fã de longa data de Mike Patton e Faith No More  que, há tempos, havia sugerido uma sessão de desenhos e artes para essa página. Assim que ao relembrar dessa ideia e  ver a quantidade de trabalhos artísticos baseados em Mike Patton, criei uma coletânea de desenhos e artes digitais para publicar. Eu particularmente sou péssima em desenhos e sei que a arte digital tipo Photoshop, Corel etc dá um super trabalho, requer tempo e assim como desenhar, requer inspiração.

Então das coisas legais que encontrei referente à retratos, reproduções e caricaturas, deixo algumas imagens a seguir.

Espero que gostem!

  Mike Patton Being Grumpy by randomshitstuff


Mike Patton Being Grumpy
by randomshitstuff

Mike Allan Patton na década de 90

Patton en la teleton by srdiazcomics

Patton en la teleton by srdiazcomics

Arte baseada na Apresentação de Faith no More no evento TELETON, no Chile sobre o inesquecível “…Gracias Don Corleone”

M__Patton_by_JRuined

M__Patton_by_JRuined

mike patton in colour by childproof

mike patton in colour
by childproof

God Hates A Coward – Tomahawk

by c delafuente

by c delafuente –

more: www.facebook.com/artofcristian

mike patton by shannont

mike patton by shannont

The Last of the Pattons by  childproof

The Last of the Pattons by childproof

God hates a coward by lady mignon

God hates a coward by lady mignon

Faith No More Angel Dust Starting 5 (Uses 'The Real Thing,' 'Angel Dust,' 'Introduce Yourself,' 'King For A Day...,' 'Album of the Year' covers behind each name) Michael B Sheehan / 2010

Faith No More Angel Dust Starting 5 (Uses ‘The Real Thing,’ ‘Angel Dust,’ ‘Introduce Yourself,’ ‘King For A Day…,’ ‘Album of the Year’ covers behind each name) Michael B Sheehan / 2010

With the Mouth of the Ocean by Chichaman

With the Mouth of the Ocean
by Chichaman – Baseado na canção Ashes to Ashes – FNM

E, acho que já posso fechar essa postagem com essa aqui, certo?

Indecision Clouds my Vision - Inspired  by FNM Song -   Childproof

Indecision Clouds my Vision – Inspired by FNM Song – Childproof

Baseada no videoclipe ” Falling to pieces” de Faith no More

Dedicado a Minha Amiga Marina, que faz Aniversário no dia de hoje, @chicamigrana, que cria  desenhos e artes bacanérrimas  e a querida Carol, que dissemina sua paixão musical  compartilhando informações e curiosidades AQUI

Anúncios

4.6 Happy Birthday Fucker – Patton e seus 40 e poucos anos

Mike Patton completa 46 anos

Desculpem o atraso na atualização da página. Você pode seguir as novidades ao dia seguindo-nos pela Fanpage com as postagens Especiais dos 46º aniversário de Mike Patton por Carolina Veronez.

patton youngDe mocinho tímido à maluco, Patton conserva referências que não se perderam em seus aproximados 30 anos de carreira musical. Mike Patton, já participou de dezenas de projetos alheios, em parcerias e ainda conta com os seus próprios projetos desde o Mr Bungle até os últimos projetos lançados tais como: Tomahawk e Mondo Cane. Já foi ator, compõe trilhas para jogos, film score, faz dublagens, compõe e ainda é empresário.  Patton oscila entre uma timidez de adolescente e o sarcasmo de um sábio ancião.  Quando seus primeiros anos como frontman do Faith no More, curtia uma Coca-Cola, jeito desengonçado e o atrevimento em jogar piadinhas à primeira dama da época, Rosanne Collor e atacar contra a reputação de Xuxa em seus shows e entrevistas. A Rainha dos Baixinhos e Altinhos ,musa global que monopolizava o mercado de tranqueiras da época. Desde uma sandália de plástico infantil até anéis de chiclete. Acho que é bem o perfil de postura que Mike Patton detesta.

Mike Patton fez e ainda faz muitos fãs felizes, mas dosou o sucesso explosivo até uma certa medida, decaindo quase que propositalmente com a qualidade de seus álbuns junto ao Faith no More. Ele não perdeu o talento, não subiu em um palco sequer para um show que decepcionasse, mas simplesmente mudou e a crítica musical não deixou passar e assim em 1997 após o disco “Álbum of the Year”, Patton seguiu por outras diretrizes, assim como os demais membros. Mas seguiu fazendo o mesmo, música. Quem sabe dessa vez um pouco mais para si próprio.

Continuar lendo

EN – [ACERVO] Kerrang Issue 876 Mike Patton Interview – 1991

patton“I don’t know how people perceive my music, and I don’t honestly care,” states Mike
Patton bluntly. “If you give that notion a moment’s thought, you’ll quickly realise
it would be like fighting a losing battle. I learned that very early on. You just can’t win.”

This week sees the release of the debut album from Tomahawk, the latest in a long line of
projects to which Patton has lent his name since the messy conclusion of his former band,
Faith No More, in April 1998. Masterminded by former Jesus Lizard guitarist Duane Denison,
and also featuring former Helmet man John Stanier and ex-Cows/Melvins member Kevin
Rutmanis, Tomahawk combines the seminal Chicago slugger’s off-kilter sound and Patton’s
unmistakable vocals. Ironically, considering the latter’s backseat role, it’s
to closest thing to a new FNM that fans of the band are ever likely to hear.

But then Mike Patton has always been a bastion of contrariness. One of music’s true
mavericks, his solo output has far and away outstripped his former band in terms of
weirdness. FNM might have helped drag alternative rock into the mainstream, but during
his decade long tenure fronting the San Francisco fivesome, Patton seemed out of place –
and often downright uncomfortable – within the band’s ranks. Consequently, he indulged
in various low-key experimental solo projects (most notably 1996’s ‘Adult Themes
For Voice’ and 97’s ‘Pranzo Oltranzista‘ albums), all of which were the antithesis
of his parent band’s work.

Since the demise of FNM, Patton’s wilfully off-kilter musical vision has led to a slew
of eclectic, challenging releases. He’s worked with Japanese oddballs Melt Banana and
Milk Cult, put together Fantomas with Melvins frontman Buzz Osbourne, and continued to
front Mr Bungle, the outfit he put together as a 15-year old in Eureka, California and
has resurrected sporadically ever since. And then there’s Maladoror (an experimental
noise collaboration with Merzbow’s Masami Akita), Peeping Tom (a pop album recorded with
Gorillaz DJ Dan The Automator), a planned collaboration with East Coast screamo-types
The Dillinger Escape Plan, Patton’s own label, Ipecac, and of course the Tomahawk
project. Life, by the singer’s own admission, is “busier than ever”, to the point
where he suggests that there isn’t enough time to realise a 10th of the
ideas he has.

“While I can, I still like to put questions out there and purposefully not give
people what they think they want” he argues. “I’m out there, more than anything,
to cause people problems.”

Does it annoy you that people refer to you as ‘ex-Faith No More frontman, Mike Patton’?

Mike: “No. They wouldn’t be lying! I was in that band. If that’s their reference point,
that’s fine. I’m not ashamed of those years. It was a pretty good ride and I learned a
lot from it. I’m going to stay away from the forthcoming tribute album album though.
I’ll probably hear it some day and have my hearty belly laugh. I’m not sure why these
Nu-Metal bands say Faith No More influenced them. I mean, do you hear anything of what
we did in what they’re doing now? I think it’s quite a stretch of the imagination. I think
it’s just an era thing. They’re kids and probably around the time we were in the public
eye, those kids figured out they wanted to start a band too. I personally don’t want
to be held responsible for the swill they’re putting out into the world.”
Continuar lendo

#rockday – Dia Mundial do Rock

Muita coisa pra contar aqui, mas como hoje é dia 13 de julho e hoje é o dia mundial do Rock, vamos dar um stop e falar um pouco sobre esse estilo musical e o motivo de um dia especial para sua comemoração.

rockday

No dia 13 de julho de 1985, Bob Geldof organizou o Live Aid, um show simultâneo na Inglaterra, Filadélfia e EUA, com bandas como The Who, Status Quo, Led ZeppelinDire Straits, Madonna, Queen, Joan BaezDavid BowieBB KingMick Jagger, Sting, Scorpions, U2, Paul McCartneyPhil CollinsEric Clapton e Black Sabbath com o proposito de chamar a atenção  pelo fim da fome na Etiópia.  Vinte Anos depois, no dia 2 de julho de 2005 acontecia o início do Live Aid 8 (The long walk to justice) e desde então se comemora o Dia Mundial do Rock, um estilo musical cheio de vertentes, história e que está presente em nossas vidas, como uma maneira de expressão de ideais, sentimentos, desejos.

rock in rock

Mike Patton, por sua vez não se prende fielmente a esse estilo musical. Ele é capaz de fazer qualquer coisa e se encaixar em qualquer estilo. Portanto suas criações nasceram relacionadas ao Rock como acontece com o Mr. Bungle passando pelo Faith no More, Fantômas, Tomahawk entre participações com o Sepultura entre outros.

Para marcarmos esse dia, resolvi postar algumas vídeos das minhas músicas preferidas e dizer: Long Live ao Rock in Roll.

….

….

….

Dave Lombardo – [Slayer] estará no próximo álbum do Sepultura.

Photo Credit: Marv Watson

Photo Credit: Marv Watson

Texto Traduzido: Acesse o original Aqui

Original post English Click here to head

A Banda Brasileira de Trash Metal Sepultura está atualmente gravando um novo álbum com o produtor Ross Robinson em Venice na Califórnia. Blabbermouth relata: A banda foi recebida com uma notícia surpreendente que Dave Lombardo em contato com eles,  se ofereceu para gravar algumas faixas tocando bateria. O Guitarrista da Banda deu a seguinte declaração ao diário de Pernambuco:

Dave Lombardo, o primeiro e único ex-baterista do SLAYER, também toca com Mike Patton no FANTOMAS, era real no estúdio com seus filhos e seu cão e destrufa desfrutar de algum tempo na praia, Ross perguntou se ele gostaria de vir para o estúdio tocar  algo em nosso álbum e ele disse que sim! Estávamos tão animados, não podia acreditar que um dos nossos grandes ídolos estava pronto para fazer parte do nosso novo álbum.
Ele veio e foi tão bom, tão especial, tão incrível! Ele é um dos caras mais legais no mundo dos negócios e ele gostou muito da ideia. Ross e Mike preparou dois conjuntos de bateria na sala de estar, um de frente para o outro, sem pratos, apenas tambores tribais! Quando os microfones estavam prontos e funcionando Eloy e Dave começou a tocar e a mágica estava ligada, tão grande! A parte que eles gravaram será uma parte especial no meio de uma das músicas, saiu louco!

Derrick Green compartilhou um pequeno trecho de um vídeo desse momento com o Diário de Pernambuco 

O Novo trabalho do Sepultura está previsto para Outubro deste Ano.

Moonraker – Mike Patton and Buckethead Moonraker

Que é Moonraker

moonraker

Moonraker é um projeto pouco conhecido que Mike  Patton teve logo após o fim de Faith no More. Menos conhecido ainda que Fantômas que se destacou frente  Moonraker dentro da carreira de Mike patton ( talvez por te músicos conhecidos, tais como: Buzz Osborne ( Melvins ) e Dave Lombardo (Slayer).

Se conheceu um pouco mais da presença de Buckethead, Grande Guitarrista e Músico, que entre os anos de 98 a 2000 gravou quatro discos com seus projetos paralelos ( Cobra Strikey e Death Cuber K )

moonraker2

A participação do Dj Flare, não tão conhecido, portanto igualmente importante dentro desse projeto Underground. Esse projeto foi muito experimental, sabendo das coincidências entre Bucket e patton como as suas extremas loucuras musicais. Mas se fizessem um novo projeto, seria uma obra Maestra dentro do estilo experimental .

PRZ