Brujeria faz show em São Paulo na Clash Club

Brujeria

Brujeria

A  Clash Club traz de volta ao Brasil o lendário Brujeria. Uma das bandas mexicanas/ estadunidenses mais cultuadas  e com uma das trajetórias mais peculiares dentro do heavy metal, o Brujeria nasceu no início dos anos 90 como um supergrupo formado por integrantes de bandas como Fear Factory, Billy Gould – Faith No More, Napalm Death, Dead Kennedys, Carcass, At The Gates e Cradle of Filth.

Hoje o Brujeria tem como membros permanentes os vocalistas Juan Brujo, Fantasma e Pinche Peach. Os outros músicos, que acompanham esse trio, variam a cada álbum e cada turnê e escondem suas verdadeiras identidades, tocando sob pseudônimos e sempre mascarados. As letras do grupo, todas em espanhol, tratam de temas polêmicos como satanismo, sexo, imigração, tráfico de drogas, política e revolução. Alguns de seus discos se tornaram verdadeiros clássicos dentro da cena metal, entre eles: Matando Gueros (1993), Raza Odiada (1995) e Brujerismo (2000).

Atualmente o Brujeria trabalha num novo álbum, que tem lançamento previsto para 2014. Ainda antes do lançamento, a banda faz essa apresentação única, dia 09 de março (domingo) no Clash Club. Os ingressos já estão à venda.

Serviço
Show: Brujeria
Local: Clash Club – Rua Barra Funda, 969 – Barra Funda – São Paulo/SP
Data: 09 de março (domingo)
Abertura da casa: 18h
Horário do show: 21h
Ingressos Antecipados:
– PISTA
Primeiro lote R$60 (meia entrada e promocional) / Segundo lote R$80 (meia entrada e promocional)
– CAMAROTE
Primeiro lote R$120 (meia entrada e promocional) / Segundo lote R$160 (meia entrada e promocional)
Locais de venda:
Galeria do Rock – Rua 24 de Maio, 62 – Loja 255 – Centro – São Paulo/SP – Telefone (11) 3361 6951
Rock’n’Roll Burger – Rua Augusta, 538 – São Paulo/SP – Telefone (11) 3255 0351
Loja Ratus – Rua Dona Elisa Flaquer, 286 – Santo André/SP – Telefone (11) 4990 5163
Capacidade: 500 pessoas
Censura: 16 anos
Informações: http://www.clashclub.com.br/ / Tel: (11) 3661-1500
Estacionamento: R$20

Sobre o Clash Club:
Localizado na Barra Funda em um antigo galpão da década de 30, o Clash Club foi inaugurado em fevereiro de 2007 e, ao longo dos anos, se firmou como uma das principais casas noturnas de São Paulo, com espaço para shows dos mais variados estilos de grandes artistas nacionais e internacionais.
Fonte: Batucada Comunicação

 

Anúncios

Acervo Veja 1991- Faith no More show em Manaus

Mike Patton: camisa surrada e queda da bateria Robby, nos tempos do grupo e em Manaus : tatuagens e cabelo à Margareth Meneses

fnmamazonia91

SHOW Pauleira na selva
Com uma apresentação empolgante em Manaus, o Faith No More decola para sua primeira turnê pelo Brasil.
Quem foi ao show inaugural da tunê brasileira do Faith No More, no sábado dia 7, em Manaus, constatou que o grupo contraria ponto por ponto as receitas de sucesso do rock dos anos 90. O show do Faith No More não tem figurinos desenhados por Jean-Paul Gauthier, como o Blonc Amhition de Madonna, seu vocalista não tenta arrancar suspiros das fãs usando uma bermuda grudada ao corpo, como Alx Rose, e os integrantes do grupo não fazem exigências extravagantes para aparecer no noticiário, como Prince e suas 200 toalhas no Rock in Rio II.
Mas que ninguém se engane pelas aparências. O Faith No More,que já vendeu 120 000 LPs de seu disco The Real Thing
no Brasil, trouxe ao país um dos shows de rock mais empolgantes dos últimos tempos. que, após uma apresentação no Recife, na quinta-feira passada,segue ainda para mais sete cidades*.A banda é uma das mais mal vestidas da história do rock. Seu vocalista, Mike Patton, canta de touca, bermuda larga e comum a camisa surrada que amarra à cintura, à maneira de alunos de grupo escolar na hora do recreio. Cultuado até meados do ano passado apenas entre os fãs de rock pesado,o Faith No More decolou com clipes parar a MTV americana e um show histórico no Rock in Rio II para uma ascensão fulminante.

* Dia 15 em Brasília; 17 em Belo Horizonte; 18 e 19 em São Paulo: 20 no Rio de Janeiro: 22 em Santo André; 24 em Curitiba; e 27 em Porto Alegre.
nante e é hoje o mais promissor aspirante à galeria de super bandas internacionais. Esse sucesso rápido tem duas explicações. A primeira é que, desde que Prince, no início dos anos 80, sinalizou que o futuro da música pop estava na fusão entre o rock e os ritmos negros, poucos grupos realizaram tão bem essa combinação quanto o Faith No More. A segunda é que, além de contar com músicos competentes, o grupo tem um vocalista endiabrado. No show de Manaus, Mike Patton pulou, dançou.imitou assombração, se fingiu de morto, cantou em pé, senta-do e deitado, se esparramou sobre a platéia do gargarejo, equilibrou-se sobre os pratos da bateria, despencou de lá, machucou a perna, saiu carregado e ainda voltou com acorda toda para o bis — ou seja, fez por merecer os 55 000 dólares por show que o grupo espera arrecadar na turnê brasileira.
PIRANHAS NO IGARAPÉ

Com seu desempenho elétrico e pose de galã desajeitado, Patton agrada a um só tempo aos tis de rock heavy metal e ao público jovem feminino. Graças a isso, e apesar de o Faith No More não conta com um número considerável de sucessos nas emissoras de rádio, a empatia da banda é tanta que parece que todas as músicas do show — e não apenas o rap-rock
Epic e o cover do Black Sabbath War Pigs
estavam em primeiro lugar nas paradas da Amazônia.Os integrantes do grupo querem usufruir ao máximo seus quinze minutos de fama no  país. No Amazonas, se embrenharam pelo mato, apavoraram o empresário ao mergulhar, de madrugada, num igarapé cheio de piranhas. e o baterista Mike Bordin jura que aprendeu a conversar com os jacarés. Peripécias à parte, o grupo deve deixar marcada sua passagem pelo Brasil não pelas aventuras no mato, mas pela ótima música que toca.
GABRIEL DE LIMA, de Manaus
—-

O Menudo metaleiro
Uma vez Menudo. sempre Menudo. Aos 21 anos, Robby Rosa, que estilhaçou o coração das adolescentes brasileiras em cinco turnês à frente do grupo.entre 1985 e 1987. bem que tentou se desvencilhar do estigma. Cultivou uma cabeleira parecida com a da cantora Margareth Meneses. tatuou as mãos e os braços e formou uma banda pop. o Maggie’sDream, que abre os shows do Faith No More. Na estréia, Robby tentou posar de metaleiro. chacoalhando as vastas melenas. Não deu certo. As gatinhas de Manaus. loucas por um Menudo. vaiaram. Os fãs de heavy metal também. Irritado, Robby foi embora antes do programado, não sem antes cometer a grosseria de baixar as calças para a platéia, e ser chamada de Bicha pela platéia entre outros elogios que vieram a calhar.

Fonte : Acervo  Revista Veja

Billy Gould e Chuck Mosley se apresentam no Chile

Santiago e Valparaiso, Chile são planos fixos de aterrizagem de diversos projetos interessantes mencionados nesse site. Desta vez, falaremos de V.U.A “Vandals Ugainst Alliteracy”) novo trabalho de Chuck  Mosley , primeiro vocalista do Faith no More e conhecido pelo sucesso dos anos 80 We Care a Lotjuntamente com  “The Talking Book” Billy Gould, um dos criadores e baixista do Faith no More, compositor e produtor, além de convidados. Festival Mosley e Gould

O Festival acontece no dia 26 e 27 de Julho sob a produção de Patagonica.

We Care a lot – Faith no More com Chuck Mosley

Agora lhe convidamos a conhecer um pouco mais de ambos projetos e torcem para que eles apareceram em breve pelo Brasil

The Talking Book

E que tal conhecer o projeto V.U.A  começando com We Care a Lot em uma nova versão

Informação e venda

Ticketek

26 de Julio – Chuck Mosley & VUA + The Talking Book @ Discotheque KMASÚ,  Santiago

Pre-venta de primeras 100: $10.000

27 de Julio – Chuck Mosley & VUA + The Talking Book @ El Huevo, Valparaíso

Pre-venta 100 primeras entradas: $8.000

Mais informações podem ser encontradas em:

VUA CHUCK MOSLEY FACEBOOK

The holy filament 

I come back – blog ativo novamente e em processo de atualização

Sei  que andamos sumidinhos e que muitas novidades surgiram e infelizmente não tivemos como atualizar. Mas, aqui estamos AGAIN e talvez quem sabe com surpresas interessantes

Imagem

Comunicado: Recebemos muitos emails pedindo informações e cobrando novos posts e atualizações de shows e notícias; Então aquelas que tem coisas a compartilhar,não se acanhe e encaminhe pelo contato ok.

Quanto a materiais e coisa de nível extreme, raridades e mais um pouco de tudo. Deixarei o link do Pattonism, pois vocês encontrarão um grande acervo por lá. E agora vamos ao que interessa, pois sei que sem Mike Patton esse blog perderia todo o sentido.

 

Faith no More – Fãs pedem por segunda chance para um show na Républica Checa

Em Rock for People, pediram por Rock e receberam um tremendo temporal. Agora

pedem por uma nova chance de ver a Faith no More

Os Fãs de Faith no More que não puderam ver ao Show na República Checa devido ao Temporal que destruiu o palco, ficaram bem tristes com a dose de azar. E  se expressaram através de uma página criada no facebook :

Faith no More Give a second chance to Czech Republic, Please.

Na Página, os fãs que se dizem tristes com o acontecido e reconhecer que o cancelamento ocorreu devido ao forte temporal, deixando claro que, nem a organização do festival ou a banda foram responsáveis, mas fazem o apelo para ter uma nova chance de ter um show.

Every fan of FAITH NO MORE would like to became A KING FOR A DAY at Rock For People in Czech republic.

We know that storm disaster wasn’t fault of band or organisers of the festival, but here is thousands and thousands bummed and really sad people now.
This is the biggest wish of all  FAITH NO MORE fans in Czech republic:
Dear Faith No More,
please, let us enjoy your amazing and marvelous music of your band and make compensatory concert in Czech republic.

Behalf of all Czech fans

Zdeněk “ZED” Němec

Esperamos que eles possam ter uma nova chance. Realmente entendemos a frustração de esperar algo e ter expectativas por um show e ele não acontecer. Mas quem sabe, com Faith no More já se sabe que tudo é possível, inclusive, seguir com os Shows .

Entenda oque aconteceu  aqui:

 

Dengue Fever se apresenta pela primeira vez no Brasil

Dengue Fever se apresenta pela primeira vez no Brasil

A Banda Dengue fever fará 2 apresentações no Brasil no mês de julho no Sesc Bom Retiro. Pela primeira vez no brasil, a banda de Los Angeles se apresenta na capital nos dias 28 e 29 de julho. Ingresos à venda a partir  do dia 7 de julho pela rede sesc

mais informações  no portal sesc